Zé Ivan assume culpa, mas afirma que nem tudo está perdido



O presidente do Nacional de Patos, José Ivan, assumiu a culpa pela escalação irregular do Wescley, no entanto afirmou que nem tudo está perdido.

Segundo Ivan, apesar da divulgação maciça em toda imprensa estadual afirmando que o STJD já tinha condenado o clube patoeonse a perca de seis (6) pontos, existe um álibi, pois a diretoria do Nacional não foi informada da decisão da Justiça Desportiva.

José Ivan informou em entrevistas concedidas as rádios de Patos, nesta quarta-feira (29/08), que procurou no site da CBF, porém não existia nenhuma informação sobre a decisão do STJD. Ele também declarou que existe um funcionário do clube que cuida desta questão, pois em 2005, a equipe já tinha sido penalizada pela justiça desportiva, culminando na eliminação da equipe, da Série C do Brasileirão.

Ele amenizou a situação do funcionário, dizendo que não coloca a culpa nele, pois o mesmo, é um abnegado e sempre lutou em prol do Nacional.

José tranqüilizou a torcida do verdão afirmando que com decisão da justiça ou não o Nacional irá se classificar, pois acredita na vitória do time nas duas próximas partidas, quando enfrenta o Atlético de Cajazeiras (hoje à noite) e o Linhares no estádio José Cavalcante.