Volante do Treze quer recuperação imediata contra o Nacional



O Treze voltou aos trabalhos na terça-feira (04), depois de ser derrotado no fim de semana para o Sousa, jogando no Marizão, onde o extra-campo repercutiu mais que a partida ruim feita pelo time alvinegro no sertão do estado.

Sem tempo a perder, o volante Robson não culpou o gramado do estádio pelo revés, uma vez que “era ruim para os dois”, nas palavras do jogador. Em vez de lamentar, o meio-campista quer que a equipe consiga a reação no fim de semana, quando enfrentará o Nacional de Patos, em jogo válido pela quarta rodada.

– Temos um jogo importante contra o Nacional, em casa. Precisamos buscar os pontos que perdemos em Sousa, corrigir os erros para conseguir a vitória. Vamos lutar por ela, é um jogo importante, e logo em seguida temos o clássico (contra o Campinense) – disse.

O duelo contra o Canário do Sertão vai ser também o retorno do Galo da Borborema ao estádio Presidente Vargas, liberado esta semana para voltar a receber jogos do Campeonato Paraibano.

Segundo Robson, o PV é o palco ideal para, além de voltar ao caminho das vitórias, colocar de lado a desconfiança do torcedor, que vem na bronca com a equipe mesmo após dois triunfos em três partidas do estadual, mas com um desempenho bem aquém do esperado para o grupo de jogadores comandado por Celso Teixeira.

– Aqui sempre foi um lugar onde tivemos muito êxito com nossa torcida, que sempre vem, sempre lota, e aqui sempre fomos muito fortes. E vai ser assim contra o Nacional. A pressão no Treze sempre é grande, precisamos ganhar todas as partidas, em casa ou fora. A gente sabe que a cobrança vem, a torcida está no direito deles. Vestimos uma camisa que, no Nordeste, é gigante. O Campeonato Paraibano é muito difícil, é muita velocidade, força, imposição física. Temos que entrar muito concentrados para buscar mais uma vitória – afirmou.

Equipe @Vozdatorcida