VIII Conferência Municipal de Assistência Social tem seu início em Patos



Teve início nesta quarta-feira, 25 de setembro, a VIII Conferência Municipal de Assistência Social de Patos, realizada pelo Conselho Municipal de Assistência Social – CMAS e Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social. O evento este ano tem como tema “Assistência social: direito do povo, com financiamento público e participação social” e acontece no Centro de Treinamento de Lideranças, no bairro Santo Antônio.

A secretária de Desenvolvimento Social, Edjane Araújo, ressaltou a importância deste momento para o desenvolvimento das políticas sociais. “Momento de grande importância para todos aqueles que fazem a assistência social de Patos. Então, esperamos que todos participem e possam debater, construir um SUAS mais fortalecido”, destacou.

A programação contou com a participação de diversas autoridades, conselheiros municipais e sociedade em geral. Além de apresentações culturais das crianças que fazem parte das oficinas de balé e de música do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos dos CRAS.

A ex-gerente da Assistência Social da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Humano e atual Chefe de Gabinete da deputada estadual Cida Ramos, Patrícia Oliveira, ministrou a palestra magna “Assistência Social: Direito do Povo, com Financiamento Público e Participação Social”, onde promoveu uma reflexão e trouxe questionamentos que serão debatidos nas Conferências estadual e nacional.

“A conferência da assistência social tem todo um diferencial, diante do contexto de desmonte social que está sendo feito. É uma conferência que não foi chamada pelo Governo Federal e está sendo realizada de forma democrática sendo chamada pela sociedade civil e pelo povo. Então, esperamos que as deliberações do município de Patos possam ecoar no Governo Federal”, comentou Patrícia Oliveira.

O vereador Sales Júnior também esteve presente e falou da importância deste debate para a garantia dos direitos sociais dos cidadãos patoenses.

Nesta quinta-feira, 26 de setembro, os participantes irão se dividir em grupos para discutir os eixos temáticos e elaborar propostas para serem encaminhadas para a Conferência Estadual em novembro.

Assessoria