Vereadores fazem fiscalização e encontram descaso no Distrito de Bananeiras, em Areia de Baraúnas



Na tarde desta sexta-feira, dia 19, um grupo de vereadores da bancada de oposição estiveram no Distrito de Bananeiras, um setor de suma importância para o desenvolvimento do município de Areia de Baraúnas.

Os parlamentares Sueli Costa, João de Arnô e Franks Lino passaram por vários pontos, tomando nota de todas as críticas e sugestões apresentadas pelos moradores para no final das visitas encaminharem ao Poder Executivo para que sejam tomadas as providências.

Uma das reivindicações advinda dos moradores diz respeito a reforma de uma caixa d’água que, segundo os vereadores, a gestão atual empenhou R$ 5.000,00 para realizar a reforma, mas que na realidade, até o momento, apenas o mato foi retirado das imediações.

Os vereadores afirmaram a reportagem que na visita ao Distrito solicitaram do funcionário do local a chave para que a fiscalização fosse mais eficaz, porém, o funcionário se recuso a abrir e colocou dificuldades aos parlamentares. Mesmo assim, os representantes do povo de Areia de Baraúnas entram e puderam verificar que quase nada foi feito. A negativa do funcionário causou indignação, pois os vereadores têm prerrogativas legais para tal solicitação.

Se confirmou que no local não há sequer uma porteira para dar acesso a caixa d’água que fornece abastecimento na comunidade. A forma para se chegar ao local se dá através de um passadiço improvisado.


“Momentaneamente o empenho de R$ 5.000,00 não deve ter sido gasto tão somente para limpar o mato ao redor da construção, pois há inúmeras rachaduras na estrutura da caixa. Isso é um verdadeiro descaso com a coisa pública”, afirmou o vereador Franks.

Os vereadores cobram uma resposta concreta a atual gestão no tocante ao uso de toda esta quantia, pois não se verifica que houve como se gastar R$ 5.000,00 no local para tão pouco serviço.


Blog do Guedes




Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal Patosonline.com não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.