Vereadora questiona gastos com limpeza pública e procurador rebate. Escute



A vereadora Lucinha Peixoto (PCdoB) usou a imprensa local para colocar sua preocupação com as finanças do município de Patos, tendo em vista a informação que veio a público esta semana, informando que a Prefeitura de Patos já teria pagado o valor de 3 milhões de reais a uma empresa contratada para cuidar da coleta seletiva.

A parlamentar questiona o motivo de um valor tão absurdo, uma vez que ela mesma afirma que nas gestões passadas essa quantia não seria alcançada em um ano inteiro de trabalho.

Lucinha também reforçou que continuará questionando as ações do prefeito Dinaldo Filho sempre que houver alguma irregularidade, como ela mesma falou.

Já o procurador da Prefeitura de Patos, Philipe Palmeira, respondeu aos questionamentos da vereadora em tom de divergência política, colocando que tal informação foi divulgada por blogs ligados ao governador Ricardo Coutinho.

Ele ainda busca argumentos para justificar a quantia mencionada informando que a empresa Light (governo Francisca Motta), gastava cerca de 400 mil reais por mês. Palmeira disse ainda que atualmente esse valor passou para 500 mil ao mês. Ele explica que os gastos aumentaram com a contratação de pessoal, equipamentos e veículos.

Saiba mais na entrevista que segue abaixo.

 


Matéria por Patosonline.com / Hélio Barbosa

Áudio: Adilton Dias e Higo de Figueiredo