Vereadora diz que gestão serve comida estragada para agentes da Guarda Municipal de Patos



A vereadora Lucinha Peixoto (PC do B), ferrenha crítica da gestão do prefeito interino de Patos, Ivanes Lacerda, fez mais uma crítica contra o executivo, na noite desta terça-feira, 03 de dezembro. Segundo Lucinha, os agentes da Guarda Municipal estão recebendo comida estragada no jantar. Essa seria a sobra do almoço do Samu.

Essa denúncia teria sido feita por um agente de segurança que teria afirmado a vereadora que a comida estava com o gosto azedo e com aparência estranha.

A vereadora enviou o seguinte comentário à redação do Patosonline.com:

“A Guarda Municipal teve sua função desviada, aceitou atribuições de porteiros e vigias, pois acreditam que a cidade passa por um momento difícil. O mínimo seria, por parte da gestão, uma comida de qualidade já que os mesmos trabalham sob o regime de Plantão. Não é obrigação do Samu fazer esse fornecimento de mal qualidade diga-se (esse é mais o mal costume). A alimentação deveria vir, fornecida pela empresa que presta serviço de alimentação, já que existe tal licitação”.

O Patosonline.com deixa aqui o espaço aberto para a versão da Prefeitura Municipal de Patos e dos órgãos citados pela vereadora.

Patosonline.com