Vereador Zé Gonçalves quer vacina para pacientes com câncer e questiona sobre licitação de EPIs



Em pronunciamento na Câmara Municipal de Patos na noite da última quinta-feira (11) o vereador Zé Gonçalves (PT) trouxe ao debate problemas importantes e urgentes a serem discutidos nesse momento de agravamento da pandemia da Covid 19.

Uma das questões, diz respeito à necessidade de imunização contra a Covid 19 dos pacientes em tratamento de câncer. O parlamentar considerou que eles estão mais vulneráveis. Ele citou o estado do Maranhão, que já vacinou os pacientes.

O vereador requereu vacina também para os condutores socorristas que estão trabalhando diretamente com pacientes com covid 19 e que ainda não foram imunizados, a exemplo dos que trabalham no Distrito de Santa Gertrudes, além dos que fazem transporte fora do domicílio-TFD e demais motoristas.

Sem EPIs

O parlamentar chamou a atenção também para a realidade dos servidores públicos das Secretarias da Agricultura, Infraestrutura e Serviços Públicos que continuam trabalhando sem Equipamentos de Proteção Individual adequados e suficientes em plena pandemia.

Ele solicitou informações sobre a licitação para aquisição desses EPIs, pois não entende por que a Prefeitura não consegue comprar os equipamentos, “Se dizem que a licitação é vaga, então apresentem essa vacância, e a gente tem que lutar para conseguir”, enfatizou.

Sem-teto

Zé Gonçalves elogiou a decisão da Primeira Câmara Civil do TJPB, suspendendo a decisão de reintegração de posse contra as famílias sem-teto do Conjunto dos Sapateiros nesse momento de pandemia e parabenizou os ocupantes pela luta.

Desconto e outros abusos

O vereador deu voz a servidores que denunciaram descontos abusivos feitos pela Prefeitura no pagamento do PMAQ aos servidores da Atenção Básica, onde teve ACS que descontaram 27,5% de imposto de renda, sendo 20% a mais de acordo com a tabela.

Outra questão apresentada pelo vereador ao Executivo diz respeito à atuação da Junta Médica do Município que estaria prejudicando servidores que precisam afastamento para tratamento de saúde.
Gonçalves quer saber dias e horário de atendimento, como também a jornada de trabalho dos médicos.

O parlamentar quer também uma escala de trabalho para as auxiliares de serviço e merendeiras da Secretaria de Educação que estão cumprindo horário, sem necessidade num momento em que as secretarias passaram a funcionar remotamente.

Emendas e outras informações

O parlamentar solicitou informações sobre o Centro de Zoonoses, cuja problemática dos animais de rua continua penalizando a cidade e também requereu ao Executivo a relação das emendas impositivas apresentadas no ano passado e pagas com seus respectivos valores.

Assessoria