Vereador Sales Junior explica que após correção de emendas, as subvenções para projetos culturais foram aceitas pela casa. Escute



O presidente da Câmara Municipal de Patos, vereador Sales Junior, foi entrevistado recentemente na Rádio Espinharas onde na oportunidade falou sobre a votação polêmica de alguns projetos direcionados à garantia de subvenção para eventos culturais.

O parlamentar destacou inicialmente que naquela votação não existiu favorecimento a qualquer evento em especial, mas sim a existência de algumas emendas colocadas por alguns vereadores que previam a retirada de recursos de pastas como a educação e saúde, para direcioná-los para tais eventos.

 “Eu voto contra qualquer evento que para ser realizado precise ser aprovado com base nessas condições, ou seja, tirar dinheiro de pastas importantes para destinar à realização desses”, afirmou.

Sales Junior ainda negou que houve votação para que o evento Jesus é Bom Demais fosse favorecido em relação ao repasse de recursos. “Não houve essa votação em momento algum. Nós votamos sim, mas para tirar recursos do gabinete do prefeito e não das pastas importantes como infraestrutura, saúde e educação”, reafirmou.

Ele disse que diante da reprovação das emendas, teve que se fazer uma correção dessas, e posteriormente as mesmas foram apresentadas já prevendo a retirada de verbas do gabinete. “Depois dessas correções eu votei a favor, e tudo foi devidamente esclarecido. A parte cultural é importante para a nossa cidade, mas temos que ter responsabilidade”, concluiu Sales.

Saiba mais na entrevista completa com Sales Junior.