Vereador Ramon Pantera faz graves acusações ao prefeito interino que responde e caso repercute na cidade de Patos



Na sessão online da Câmara Municipal de Patos, ocorrida na noite desta terça-feira, dia 19, o vereador Ramon Pantera fez graves e pesadas acusações ao prefeito interino de Patos, Dr. Ivanes Lacerda. As declarações repercutiram em toda imprensa, nas redes sociais e rodas de conversas nesta quarta-feira (20) causando muitas discussões.

Ao usar a tribuna de forma online, Ramon Pantera falou primeiramente da exoneração da secretária Executiva Municipal de Políticas Públicas para Mulheres, Camila Ingredi. A ex-secretária é esposa do vereador e, de acordo com Ramon, teria sido exonerada por fazer cobranças relativas a melhoria própria pasta. Entre as cobranças estaria a reabertura do Centro de Referência em Atendimento à Mulher (CRAM).

Em determinado momento do discurso, falando sobre as CPI’s que deram entrada na Câmara Municipal, Ramon disse que o prefeito interino “é o pior bandido que o Município de Patos têm, é o vereador Ivanes Lacerda…ele, não só bandido, mas é gerente de um grupo criminoso que tem na cidade de Patos…esse grupo tem especialidade em desviar dinheiro público do Município de Patos”. O vereador ainda acrescentou: “…o chefão, que mandou a ordem para seu gerente criminoso, que é Ivanes em exonerar a secretária Camila Ingredi…sou policial militar e não tenho medo de bandido…vossa excelência é o pior bandido…”.

Na tarde desta quarta-feira, o prefeito interino Ivanes Lacerda foi procurado pelo jornalista Higo de Figueiredo, da Rádio Espinharas FM, para falar sobre o assunto. Ivanes relatou que recebe as acusações com muita estranheza e acredita que o vereador estava sobre efeito de alguma coisa e que não estava bem. “A população de Patos sabe quem é Ivanes e quem é esse rapaz…se essas acusações que ele diz são verdadeiras, por que ele não foi a polícia antes?…será que tudo foi por que a esposa dele foi exonerada? Será que a população sabe por que ela foi exonerada?…minha vida é limpa e honesta”, relatou Ivanes que não descartou levar o caso para análise dos seus advogados.


Jozivan Antero – Patosonline.com


OUÇA Ramon Pantera

OUÇA Ivanes Lacerda