Vereador Ramon Pantera diz que Ivanes Lacerda deixou de repassar cerca de 10 milhões de reais ao PatosPREV. Ouça;



O vereador Ramon Pantera confirmou ao Jornalista Misael Nóbrega, da Rádio Universidade 105,1 FM, que irá protocolar uma denúncia contra o prefeito interino Ivanes Lacerda, (Republicanos) por deixar de repassar um valor de cerca de R$ 10 milhões de reais para o PatosPREV em 2020.

Ramon disse que estará apresentando a denúncia juntamente com o vereador Goia, na sessão remota desta terça-feira, 28, na Câmara Municipal de Patos, que estará discutindo a nova alíquota dos servidores públicos municipais, por meio do projeto 15/2020 encaminhado pelo poder executivo.

“É uma denúncia que nós já temos documentações na mão, e como esse projeto tá indo amanhã pra votação, nós vamos aproveitar e levar todas essas denúncias, que inclusive estaremos protocolando essa denúncia e vamos apresentar para que o servidor saiba aonde estão querendo tapar os rombos do PatosPREV”, disse Ramon pantera.

Ele adiantou que o município deixou de repassar os recursos de janeiro a junho deste ano, referente as alíquotas de contribuição de 11% dos servidores efetivos da Prefeitura de Patos.

Já o ex-superintendente do PatosPREV, Ariano Medeiros, que esteve a frente da pasta desde o incio da gestão do prefeito afastado Dinaldo Filho, disse acreditar que os 10 milhões de reais não repassados ao instituto, diz respeito a cota suplementar, que é uma obrigação do gestor repassar ao instituto de previdência e que, inclusive, já foi judicializado desde 2015, cujo processo questiona também valores não repassados pelo município.

Ariano disse ainda que a sentença foi dada obrigando o PatosPREV a entrar com uma cobrança judicial no prazo de 90 dias, que deverá ser feito pelo seu substituto, já que ele foi exonerado do cargo pelo prefeito interino Ivanes Lacerda, mas ainda aguarda publicação no diário oficial do município.

Ramon Pantera

Por Genival Junior – Patosonline.com

Áudio e informações da Rádio Universidade FM 105,1