Vereador propõe redução do recesso legislativo em Santa Terezinha



A Câmara de Santa Terezinha-PB, se reuniu na tarde dessa sexta-feira (12), na Casa Geraldo Luiz Camboim. O Presidente Francisco Bezerra (PSB) abriu os trabalhos às 16h00, passou a fala ao 2° secretário Menon (PROS), que passou à lista de presença e, verificou a ausência da Vereadora Célia Nicacio (PSB), que justificou sua falta, por está doente. O Secretário Joselito leu os ofícios e a pauta da Câmara.

Quem primeiro usou a tribuna foi a Vereadora Lidianny Medeiros (PSDB) durante a sessão ordinária. No seu pronunciamento, ela justificou a sua ausência na sessão anterior. Disse que a Central de Marcação de Exames e Consultas está fazendo um trabalho com competência e informou que cirurgias que estavam agendadas há três anos estão sendo executadas.

Sobre o assunto da pista de Motocross, disse que era um incentivo ao esporte, e que servirá à população. Por fim, colocou o Projeto de Lei que denomina Avenida Pedro Alves da Costa Filho (homenagem ao ex-vereador Pedro Zeca), no loteamento Vale do Sol.

O Vereador Zé Nilton (PR) no uso da tribuna, o parlamentar comunicou que a prefeita está no rumo certo, fazendo um trabalho com excelência na Saúde. Disse que tem atendimento médico todos os dias nos postos de saúde. Falou que pequenas cirurgias e exames de ultrassonografias são feitas no município.

Considerou como louvável a audiência pública que ocorrerá na Câmara de Vereadora na sexta-feira (19) às 16h00, na Câmara de Vereadores. O tema do debate será a Reforma Trabalhista e a Reforma da Previdência.

Com relação à reinvindicação dos motoristas, que solicita a implantação da insalubridade nos seus contracheques. Na sessão alguns motoristas se fizeram presente.

O parlamentar Pedro Sopa (PSDB) Quando usou à tribuna ele fez uma prestação de contas do trabalho realizado pela Secretaria de Infraestrutura (Seinfra). Citou que estão sendo realizados trabalhos de capinação nas ruas; foi feita a limpeza do cemitério para o Dias das Mães; operação tapa – buracos nas ruas; foi feito o primeiro mata – burro da gestão municipal no sítio Lameirão, porém falta ainda construir mais 32 mata- burros. Disse que a sede da Secretaria de Ação Social está sendo pintada.

O Presidente Francisco Bezerra (PSB), fez um apelo com veemente à senhora prefeita que distribua cestas básicas às pessoas mais carentes da cidade, “pois presenciei está semana um pai de família, que contou que não tinha nada de comer em sua casa”, afirmou o Presidente. A gestora vem de uma família humilde e, sabe dessa realidade do município, peço mais sensibilidade.

 Apresentou um Projeto de Resolução, que altera o Regimento Interno da Câmara Municipal, que visa diminuir o recesso parlamentar dos atuais 90 dias, para 60 dias durante o ano. O parlamentar ainda apresentou mais três requerimentos, um solicitando da Prefeitura reabertura da casa de apoio da saúde, em João Pessoa. Outro solicitando ao Governo do Estado uma reforma no Colégio Estadual Professor João Noberto e a cobertura do ginásio da referida Escola Estadual, por fim solicitou a implantação da insalubridade nos contracheques dos motoristas. Os requerimentos foram aprovados em plenário. Por último solicitou da secretaria de Obras, a iluminação pública, na cidade e, em especial na Rua Geraldo Luiz Camboim e também em frente ao Colégio João Noberto, que está às escuras.

O Vereador Menon Ayres (PROS) Denunciou o fossão que funciona no Loteamento Vale do Sol está desconectado ao sistema com isso, ocasionando uma grande imundície. Solicita do secretário de Infraestrutura do município, que tome as providências para resolver esse problema, o quanto antes.

   Referiu-se à pista de Motocross e, estranhou porque só foi avisado depois de feita, que essa pista irá servir ao município, faltou divulgação disse Menon. Cobrou condições de trabalho ao Agrônomo Chico Velho, já que o mesmo é de grande valia para nosso município, mas que até agora, a gestão e o secretário de Agricultura não fizeram sua contratação.

 Por último falou que tem muita gente próxima à prefeita, dizendo que tudo está certo na gestão e que, na verdade, existem muitos erros na administração, essas pessoas prestam um desserviço ao município, pois só atrapalham.

O parlamentar Salomão Cordeiro (PP) felicitou as mães pelo seu dia. Acostou-se à reivindicação dos motoristas. Sobre a farmácia básica voltou a questionar o alto valor na compra de medicamentos, achou exorbitante, já que, na gestão passada gastava em média 15 mil reais mensais de remédio, já agora são mais de 50 mil mensais e, o povo continua reclamando a falta de remédio, mas vai tomar providências, apresentará na próxima sessão um Projeto de Lei, que controla a saída de medicamentos da farmácia básica.

Denunciou que o ônibus escolar que transporta os estudantes para Patos estourou um pneu e, que por pouco não aconteceu uma tragédia, e que está Casa já tinha alertado para esse problema dos pneus dos ônibus lisos.

  Em relação à pista de Motocross, disse que houve sim o uso indevido das máquinas do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e que, vai colocar pra frente, junto ao Ministério Público. Por fim se acostou ao Vereador Francisco Bezerra pela reabertura da casa de apoio em João Pessoa

O vereador Edcarlos Soares (DEM) Comunicou que no dia 26 de maio estará na cidade a ‘Carreta da Saúde’, que disponibilizará atendimento médico gratuito para a população. A ação será no ginásio de esportes.

Falou que a Saúde está com dois médicos atendendo nos PSF’s e o município ainda é prestigiado com o atendimento dos médicos Rui Pontes, Zé Afonso e Rui Pontes Filho. Citou a denuncia que em 2016, na antiga gestão a falta de medicamentos existia na Farmácia Básica. Disse que a casa de apoio aos pacientes e aos acompanhantes será ativada na cidade de João Pessoa.

Ele relatou está envergonhado sobre a questão da pista de Motocross. Segundo o parlamentar foi verificar a pista e encontrou dois montes de areia e nem pista tem porque a patrol não foi utilizada.

A prefeita enviou o Projeto de Lei, que repassa o adicional de insalubridade para os Agentes de Endemias, baseado no piso salarial. A próxima sessão ordinária será de 26 de maio. 

 

 

Jordan Bezerra