• Dra Milena
Politica

Vereador Josmá Oliveira oficializa denúncia contra empresa organizadora do São João de Patos ao Procon

ÓTICAS GUIMARÃES

O vereador Josmá Oliveira oficializou denúncia ao Procon de Patos contra a empresa responsável pelas festividades juninas no Terreiro do Forró, alegando que está havendo um verdadeiro abuso em relação à venda de bebidas, que, segundo disse, fere frontalmente o código do consumidor, sendo passível de punição e até de proibição do comércio de bebida.

“Vejam, o São João que a maioria dos patoenses não pode participar, devido aos preços exorbitantes, diferente de épocas passadas, foi ‘comercializado’ com uma empresa e essa não está se preocupando com a situação dos comerciantes e vendedores ambulantes, formando um verdadeiro cartel, com prática de preços abusivos e vendas chamadas casadas, pois para se comprar determinadas bebidas os vendedores são obrigados a adquirir outras de pouca aceitação, prejudicando seu comércio e diminuindo seu pequeno lucro. E são forçados a permanecer em filas indianas, como se não fossem filhos de Patos e pagadores de seus impostos.

Estamos na esperança de que o Procon não prevarique, pois se não houver uma atitude enérgica e urgente, iremos acionar o Ministério Público do Estado, para que haja um final mais satisfatório para essas pessoas que apenas querem um pouco mais de comida em sua mesa, num trabalho honesto, embora bastante desgastante!”

Após averiguar denúncias de consumidores com relação à tabela de preços de produtos comercializados no Terreiro do Forró, na Área Vip, durante o São João de Patos, a Secretaria de Defesa do Consumidor (PROCON Patos) notificou a empresa realizadora do evento.

O secretário, Ítalo Torres, explicou que houve uma solicitação prévia da tabela de preços e, devido à brevidade do evento e a não apresentação prévia do material solicitado, foi concedido à empresa o prazo de duas horas para atender ao órgão fiscalizador.

Assessoria do Vereador Josmá Oliveira

Complemento – Patosonline.com

Image

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo