Vereador Jamerson Ferreira faz apelo ao governador e cobra investigação sobre morte de advogado por policiais sergipanos. Ouça



O vereador patoense, Jamerson Ferreira, falou na tribuna da Casa Juvenal Lúcio de Sousa, durante sessão da última quinta-feira (18), e na oportunidade fez duras críticas ao episódio do assassinato do advogado Jefferson Moura Gomes, de 32 anos, na última terça-feira (16), no município de Santa Luzia, durante operação da Polícia Civil de Sergipe.

Os policiais sergipanos alegam que o advogado estava em atitude suspeita quando passava de carro na estrada, quando se dirigia da capital João Pessoa à cidade de Cajazeiras no sertão da Paraíba. Porém, a família do advogado disse não acreditar nessa versão de que o mesmo estaria em atitude suspeita.

“Lamentar o ato bandido que foi feito por policiais sergipanos em solo paraibano. Gostaríamos de dizer que não ficaremos calados, e vamos pedir ao governador João Azevedo que medidas duras sejam tomadas”, disse o vereador Jamerson Ferreira.

Para justificar suas palavras, Jamerson disse que recebeu um vídeo mostrando que o carro do advogado morto não possuía marcas de bala, mas que misteriosamente haviam alguns buracos de bala no banco do motorista.

Ou seja, de acordo com Jamerson, trata-se de um ato bandido e que não pode ficar sem punição para os culpados.

Ele ainda citou que mesmo não tendo acontecido em solo patoense, seria interessante que o deputado estadual Érico Djan fizesse um pedido ao governador da Paraíba, no sentido de cobrar medidas para investigar a fundo a suposta execução relatada.

Ouça mais detalhes no áudio que segue.

Matéria por Patosonline.com