Vereador de Sousa taxa advogado de porra louca em resposta a acusação de puteiro



"Vereador

A mesa diretora da Câmara garantiu que vai apresentar reclamação contra o advogado junto a OAB e a justiça.

Odair José defendeu a Casa Legislativa

Sentindo-se ofendido com as acusações e declarações do advogado Expedito Figueiredo ao afirmar na semana passada que a Câmara Municipal de Sousa pode ser comparada a uma pocilga, um puteiro e um minhocário, o vereador Odair José da Silva (PTB) saiu em defesa da Casa Legislativa e dos demais colegas de parlamento.

Na segunda sessão do ano na última sexta-feira (3), o parlamentar de primeiro mandato devolveu ao bacharel em direito a acusação de que os 10 vereadores e 50 assessores são vagabundos. “Eu trabalho, gero emprego e um maluco desse vem me chamar de vagabundo. Me respeite cidadão”. Desabafou.

Segundo Odair, Dr. Expedito é que é o vagabundo, pois não faz nada. “Você é um maluco e devia estar preso. Só vive tomando cachaça dentro de casa, fumando e falando as pessoas de bem. Vagabundo és tu, eu não”. Disse o vereador que ainda o taxou de “porra louca”.

Providências
A mesa diretora da Câmara através do presidente Cacá Gadelha garantiu que vai apresentar reclamação contra o advogado Expedito Figueiredo junto a OAB/Sousa e a justiça sousense.

 

Entenda o caso
O advogado da cidade de Sousa, Espedito Figueiredo encaminhou nesta quarta-feira (01), uma nota à imprensa local fazendo duras críticas ao Poder Legislativo sousense. Segundo ele, os vereadores da cidade são palhaços, prostitutas, vacas, porcos e vermes, além de intitular a Câmara Municipal de “puteiro”.

Na nota, o advogado também diz que a sede da Câmara é casa do povo, porque é construída com seu dinheiro, porém, mal ocupada por vereadores. “Vereador serve para nada que interesse ao povo. Pelo Brasil afora, a maioria dos vereadores são lagartixas do prefeito, com ele formando quadrilha, assaltando os cofres públicos”.

Dr. Espedito vai mais além ao escrever na nota que em 2008 foram eleitos 12 vereadores medíocres. “Observando a baixa qualidade dos vereadores sousenses, em confronto com as excelências dos bichos acima nominados, podemos concluir que aquele prédio seria bem mais interessante se ali fosse um minhocário, um curral, uma pocilga, um picadeiro ou um puteiro”.

A nota ganhou repercussão quando foi apresentada nos programas de rádio da cidade de Sousa pela manhã e tarde desta quarta-feira. Muitas pessoas fizeram chacota com o que foi escrito pelo advogado.

Veja nota na íntegra escrita pelo vereador:

CÂMARA MUNICIPAL DE SOUSA
Prédio de Primeiro Mundo
Vereadores de Fim de Mundo

Palhaço, Prostituta, Vaca, Porco e Verme
Palhaço é um dos mais antigos e dos mais sérios profissionais do mundo. Satisfaz a todos e todas, de todas as idades. Quem sai insatisfeito/a de um circo é ruim de cabeça. (Portar ‘narizinho’ vermelho e peruca de palhaço é um deboche, uma ofensa àqueles sérios profissionais).

Prostituta é a mais antiga e competente profissional do mundo. Dá conta do serviço, sem enganar alguém. Tem relevantes serviços prestados à Humanidade. Durante milênios foi anteparo, amortecedora das ‘pressões’ marmanjais sobre as donzelas. É para-raio delas. Quem volta insatisfeito de um puteiro é ruim das cabeças.

As vacas, os porcos, os vermes e outros
São seres ‘racionais’: seguem à risca os ditames da Carta Magna da Natureza. A vaca dá-nos um líquido gostoso e nutritivo e é bicho sagrado na Índia. Nunca dizermos que a política está ‘avacalhada’, por ser uma ofensa às vacas e elogio aos politiquinhos corruptos.

O porco tem necessidade de cuidar da sua pele diuturnamente, molhando-a e contraindo uma camada de lama protetora. Qualquer aguinha, qualquer laminha servem. São modestos. Já as madames e os madamos, quando querem se tratar como porcas e porcos, vão a tratamento de luxo, nas estâncias termais e de lamas sulfurosas em Araxá, Caxambu e Cambuquira.

Os vermes, os vários tipos deles, têm missões diversas. Uns traçam carnes e outros gêneros putrefatos, fazendo assepsia do meio-ambiente. Assim como os urubus e outros, são garis do Mundo. Nobres entes, nobre missões. As minhocas produzem o melhor adubo.

Sede de legislativo é casa do povo, porque é construída com seu dinheiro, porém mal ocupada por vereador. Vereador serve para nada que interesse ao povo. Pelo Brasil afora a maioria dos vereadores são lagartixas do prefeito, com ele formando quadrilha, assaltando os cofres públicos.

Em 2008 elegemos 12 cacagas. Como são medíocres! Só falam lugares-comuns e platitudes. Observando a baixa qualidade dos vereadores sousenses, em confronto com as excelências dos bichos acima nominados, podemos concluir que aquele prédio seria bem mais interessante se ali fosse um minhocário, um curral, uma pocilga, um picadeiro ou um puteiro.

Advogado Espedito Figueiredo

 

DIÁRIO DO SERTÃO em Sousa