Policial

Vereador de São José de Caiana e policial civil é uma das vítimas do acidente na BR-361, entre Itaporanga e Piancó

O parlamentar também era músico e investigador na 17ª Delegacia Seccional de Polícia Civil em Itaporanga.

ÓTICAS GUIMARÃES

O grave acidente registrado na noite deste domingo (06), na rodovia federal BR 361, entre as cidades de Piancó e Itaporanga, na região do Vale do Piancó, teve como vítima fatal o investigador da Polícia Civil identificado como Paulo Webster de Souza Alves, de 40 anos.

Além de policial ele era músico e também vereador da cidade de Sâo José de Caiana. No momento do sinistro, ‘Teté’ como assim era conhecido, retornava de uma festa na cidade de Piancó.

Nas eleições de 2020 Paulo obteve 219 votos e estava em seu primeiro mandato como vereador.

A Câmara Municipal de Vereadores, bem como a Prefeitura de São José de Caiana, emitiram nota de pesar em suas redes sociais.

Foto: Reprodução/Diamante Online

POLÍCIA CIVIL

A Polícia Civil também emitiu uma nota de pesar pela morte do investigador Paulo Webster de Sousa Alves. Confira na íntergra:

A Polícia Civil da Paraíba lamenta profundamente o falecimento do Investigador de Polícia Civil PAULO WEBSTER DE SOUSA ALVES, ocorrido neste domingo, dia 06 de Novembro de 2022.

O Investigador Paulo Webster tinha 40 anos de idade e foi vítima de acidente automobilístico. Ele ingressou nos quadros da instituição no ano de 2008 e atualmente estava lotado na 17ª Delegacia Seccional de Polícia Civil em Itaporanga.

Aos familiares e amigos, os nossos sinceros sentimentos.

Polícia Civil da Paraíba
Assessoria de Comunicação

SEGUNDA VÍTIMA

Sobre a outra vitima fatal, o Diário do Sertão entrou em contato com o IPC da cidade de Patos, mas até por volta das 9h da manhã desta segunda-feira (07) não havia identificação.

O ACIDENTE

O acidente resultou na morte de duas pessoas, além de outras vítimas que sofreram ferimentos.

Ao Diário do Sertão, o tenente André Lins do Corpo de Bombeiros de Itaporanga, informou que quando a corporação chegou ao local do acidente, as duas vítimas já estavam em óbito. Ele disse que o vereador estava preso nas ferragens, sendo necessário a intervenção dos militares para retirar o corpo.

O tenente disse ainda que as outras vítimas já estavam sendo socorridas pelo SAMU para uma unidade hospitalar.

Além do Corpo de Bombeiros e SAMU, as Polícia Militar e Civil também estiveram no local. A perícia realizou os procedimentos in loco e em seguida os corpos foram removidos ao IPC para exames cadavéricos.

Fonte: Diário do Sertão


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo