• Dra Milena
Politica

Vereador cobra conclusão da Alça Sudeste e diz que população continua prejudicada com obras inacabadas

ÓTICAS GUIMARÃES

O vereador de Patos Josmá Oliveira, do Patriota, voltou a criticar o prefeito Nabor Wanderley (Republicanos) pela obra de recuperação da Alça Sudeste que, segundo ele, está parada. O vereador chegou a cogitar que o prefeito iniciou a obra para desviar recursos públicos.

Josmá disse que a Alça Sudeste é uma via que, por estar fechada, vem prejudicando muitos cidadãos que fazem usa dela diariamente para o trabalho. Além disso, ele denunciou o trevo que dá acesso ao Rodoshopping e Aeroporto, logo na entrada da cidade, que está totalmente danificado.

“Pouca vergonha. Prefeito sem compromisso com a população patoense. Não há outra explicação, deve servir unicamente para desvio de verbas, somada à inoperância de um administrador de mentira, pois se não foi capaz de gerir seus próprios negócios, como pode governar uma cidade do tamanho de Patos? E quem quiser ver essa triste realidade visite nossos bairros, nossas ruas e avenidas, casas de saúde, assim como nossas vias de trânsito, como a Alça Sudeste, que visitei há pouco e que me deixou nesse estado de lamentação. São verdadeiras crateras por toda a extensão da Alça, tendo os motoristas que virarem malabaristas, temendo avarias em seus veículos e evitando desastres. Totalmente revoltado com as condições em que se encontra aquela via de acesso a Campina Grande e a importantes pontos comerciais daquele setor”, disse Josmá.

O vereador disse que até parabenizou o prefeito por iniciar a obra, mas depois se arrependeu, porque a obra foi interrompida e até agora não foi entregue á população. Josmá disse ainda que os bairros da cidade estão abandonados, e que os serviços públicos não chegam à população.

“Cheguei a parabenizá-lo, quando o vi à frente dos trabalhos de recuperação da rodovia. Mas foi ilusão de ótica. Nabor, acredito, sabendo que eu e minha equipe estaríamos no local, tratou de dar uma de bom moço; mas quem nasceu para ser escorpião, vai morrer como tal, sendo ingrato com aqueles que o ajudam. Não tem outra definição para Nabor Wanderley, não. E se a situação é de penúria no expediente do dia, imaginem à noite e chovendo! E como ele não pode continuar brincando com meus conterrâneos, irei procurar novamente os meios legais da justiça, para dar um basta nessa insanidade do poder executivo do nosso município, considerado o terceiro maior colégio eleitoral da Paraíba, mas que padece nas mãos dos maus políticos, como o que atualmente está nas rédeas da prefeitura!”, expressou o vereador.

Patosonline.com


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo