Veja os preços dos presentes para o Dia das Crianças em Patos



O PROCON Patos divulgou nesta quinta-feira (10) uma pesquisa comparativa de preços dos produtos mais procurados entre pais e familiares para presentes para o Dia das crianças.

O levantamento foi realizado nos dias 07 e 08 de outubro, com o objetivo de auxiliar os pais na escolha dos presentes para seus filhos. O PROCON Patos visitou 11 lojas da cidade e ao todo foram pesquisados 48 itens, entre brinquedos, jogos de tabuleiro, bicicletas e tablets.

A ampla variedade de opções de brinquedos deixam os pais com muitas dúvidas sobre qual a melhor opção na hora de comprar o presente para seu filho, por isso a importância da pesquisa do PROCON, pois além de trazer as opções dos brinquedos, atenta para a variação do valor do mesmo produto de um estabelecimento para outro.

“Por se tratar de uma semana que antecede uma data comemorativa o PROCON Municipal de Patos relaxou algumas ações voltadas ao Dia das Crianças. Realizamos uma pesquisa com produtos que normalmente são mais procurados pelos consumidores nesta época, para assim poder informar nossa população quais os estabelecimentos que oferecem melhores condições para o consumidor,” disse o secretário do PROCON, Mainar Júnior.

Um dos brinquedos mais procurados, segundo os lojistas, está sendo o Boneco Luccas Neto, que de acordo com os dados da pesquisa pode ser encontrado nos valores de R$ 149,99 a R$ 199,99 o que representa uma variação de quase 34% no valor do produto.

FISCALIZAÇÃO

Além da pesquisa de preços, o órgão também esteve em campo fiscalizando a comercialização dos brinquedos, e verificando se os mesmos possuem selo de certificação do INMETRO e a indicação da idade da criança na embalagem.

“Durante esta semana também intensificamos algumas fiscalizações junto às lojas comerciantes de brinquedos com a intenção de poder verificar se de fato os produtos comercializados estão em conformidade com as normas estabelecidas pelo Inmetro. É importante ressaltar que os pais também fiquem atentos na hora de comprar esses produtos considerando que os mesmos podem oferecer riscos à saúde e à segurança da criança,” finalizou o secretário.

Coordecom

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com