Veja os números da pesquisa IPESP para prefeito de Patos



Pesquisa Ipespe mostra que se a eleição fosse hoje, a deputada Francisca Motta, candidata do PMDB à Prefeitura de Patos, seria eleita com 50% das intenções de voto. O segundo colocado, o candidato do DEM, Dinaldo Medeiros Wanderley Filho (Dinaldinho), obteria 33%.

O outro candidato, Silvano Morais, do PSOL, teria 1% dos votos. De acordo com o resultado, os votos brancos e nulos somam 7% e não sabem ou não responderam 10%. A pesquisa foi realizada nos dias 21 e 22 de julho com 500 eleitores e está registrada no TRE-PB, sob o número 00027/2012.

Patos é uma das cidades onde o prefeito não pode mais disputar a reeleição, por já se encontrar no segundo mandato. O prefeito Nabor Wanderley está apoiando a candidatura de Francisca Motta, que pela primeira vez disputa uma eleição majoritária.

O principal candidato da oposição, Dinaldinho, também nunca disputou uma eleição de prefeito. Seu pai, o ex-deputado Dinaldo Wanderley, é que já foi prefeito do município.

Como Patos não tem segundo turno, a pesquisa aponta uma vitória de Francisca Motta com uma certa folga. Pelos números atuais, a diferença dela para o segundo colocado é de 17 pontos percentuais. Ela disputa a eleição por uma frente formada por 13 partidos. Já Dinaldinho concorre com o apoio de 14 partidos.

Francisca Motta tem como vice o petista Lenildo Morais.

Dinaldinho escolheu como seu vice o socialista Bonifácio Rocha de Medeiros.

Já o candidato Silvano Morais tem como vice na chapa o coronel Lionaldo Lino dos Santos. O PSOL não fez coligação na eleição de Patos.

Na espontânea é 35%

Na pesquisa espontânea cai a diferença de Francisca Motta sobre Dinaldinho. Mesmo assim ela venceria a eleição com 35% contra 22% do seu adversário, uma diferença de 13 pontos. Na pesquisa estimulada, a diferença é de 17 pontos. O candidato Silvano Morais não foi citado pelos entrevistados. Os votos brancos e nulos somam 5% e os indecisos, 35%.

Lenilson Guedes