Vaga deixada por Nabor Wanderley na Mesa da ALPB vira alvo de cobiça



O cargo de primeiro secretário da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa da Paraíba, que ficará vago a partir de 1º de janeiro de 2021, por conta da renúncia do deputado estadual Nabor Wanderley (Republicanos), que deixará o posto para assumir o comando da prefeitura de Patos, no Sertão da Paraíba, virou alvo de cobiça de dois parlamentares na Casa.

Trata-se dos deputados João Gonçalves e Edmilson Soares, ambos do Podemos. Os dois estariam em ‘campanha’ em busca de votos para conquistar o posto.

O presidente da Casa, Adriano Galdino (PSB), até agora não se pronunciou sobre a substituição para a vaga.

PB Agora