Usuário reclama de falta de adequação do sistema para emplacamento de veículo na 4ª CIRETRAN, em Patos



Na manhã desta quarta-feira, dia 03, o mototaxista Alan Cunha procurou a imprensa para relatar a dificuldade que está encontrando para realizar o emplacamento de sua moto na 4ª Circunscrição Regional de Trânsito (4ª CIRETRAN), órgão do Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN), em Patos.

De acordo com Alan, ele não consegue ter a isenção do seguro de Danos Pessoais por Veículos Automotores Terrestres (DPVAT) que foi determinado pelo Governo Federal a partir de 2.021. O mototaxista relata que procura a 4ª CIRETRAN e os funcionários comunicam que não está sendo expedida a isenção no sistema do órgão.

“…se a gente precisar viajar para outro estado fica difícil, pois fica com a documentação antiga do carro, como o carro estivesse atrasado. O DETRAN aqui de Patos não dá nem um esclarecimento e diz que a gente fique passando por lá…até normalizar…a gente precisando do documento do carro e da moto e o DETRAN não fornece”, comentou Alan.

Em contato com a diretora da 4ª CIRETRAN, Danúzia Ferreira, a reportagem foi informada que o caso está sendo resolvido e que os DETRAN’s em todo o Brasil estão se adaptando as mudanças na legislação e adequando os sistemas. Danúzia disse ainda que estará viajando para João Pessoa nesta quinta-feira, dia 04, a fim de resolver essa e outras questões do órgão. Ela acredita que a solução de mudança do sistema pode se dar até o final de fevereiro.


Jozivan Antero – Patosonline.com