• Dra Milena
Locais

UPA do Bivar é alvo de reclamações por problemas de atendimento, sangue no chão, dificuldade de acesso a teste de covid e pessoas infectadas esperando junto com pacientes; direção se posiciona

ÓTICAS GUIMARÃES

A redação da Rádio Espinharas FM foi procurada na manhã desta quinta-feira, dia 23 de junho, pela internauta Rayssa Ryama, fazendo uma denúncia com relação a situação problemática na qual se encontra da UPA Dr. Otávio Pires de Lacerda, mais conhecida por UPA do Campo da Liga, localizada no bairro Bivar Olinto.

Segundo relatou Rayssa, ela chegou na UPA por volta das 08h00min da manhã para realizar o teste de Covid-19, mas não havia atendimento ainda e precisou esperar mais de uma hora para que conseguisse realizá-lo. Após realizar o teste, ela positivou e mesmo assim precisou passar pela triagem junto a outras pessoas que não estavam com Covid. Além disso, ela conta que marcas de sangue estavam espalhadas pelo chão da UPA e uma paciente especial com câncer de mama foi embora sem conseguir atendimento.

“Eu cheguei aqui era por volta de 08h e o pessoal não tava atendendo pra fazer o teste de covid, quando vieram chegar era 09h da manhã, tava uma fila aqui na porta da UPA. Depois que foi feito o teste, eu positivei covid e fiquei numa sala pra ser notificada, depois precisei passar pela triagem misturado com todo mundo que não tava com covid. Tá uma situação de desrespeito, desumano mesmo, falta de compromisso, de comprometimento com o pessoal, com os pacientes. Chegou um paciente sagrando aqui, sujando, o pessoal da limpeza não veio limpar. Tinha uma paciente especial com câncer de mama, a paciente foi embora, porque não teve atendimento pra ela. Tá um verdadeiro caos aqui […]”, relatou.

Ouça abaixo o desabafo da internauta Rayssa:

Rayssa Ryama (Denuncia UPA)

A jornalista Wânia Nóbrega fez contato com a diretora da UPA Dr. Otávio Pires de Lacerda, Tássia Rangel, que informou haver uma alta procura para realização de testes SWAB, e acabou havendo um déficit de profissionais após alguns testarem positivo para Covid-19, fato esse que aconteceu com a técnica de enfermagem que estaria realizando os testes na manhã de hoje na UPA, por isso o atraso que acabou provocando a fila de espera no local.

“Essa semana alguns profissionais começaram a testar positivo, a gente com muita dificuldade em encontrar profissionais para realizar esse tipo de procedimento. A técnica de enfermagem que ia realizar hoje, que ia iniciar às 7h da manhã, testou positivo e infelizmente não teve como comparecer ao plantão, por isso a fila ao lado de fora do local da testagem, mas já foi providenciado um profissional e está realizando dentro da UPA. Peço desculpas em relação ao transtorno ocorrido, mas de antemão, os SWAB’s já estão sendo realizados normalmente das 07h da manhã às 7h da noite”, comentou a diretora.

Tássia Rangel aproveitou a oportunidade para comunicar que neste final de semana, sábado e domingo, estarão sendo realizados os testes de SWAB eletivos sob demanda livre, a partir das 07h da manhã às 07h da noite.

Ouça mais detalhes nos áudios abaixo:

Tássia Rangel, diretora da UPA (Áudio: Wânia Nóbrega)
Tássia Rangel, diretora da UPA (Áudio: Wânia Nóbrega)

Patosonline.com

Image

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo