UPA de Patos atende 802 de pacientes com sintomas respiratórios no período de 24 dias



Diante do aumento crescente de casos confirmados para o Covid-19 em toda a cidade de Patos, a coordenadora geral da Unidade de Pronto Atendimento Otávio Pires Lacerda (UPA 24 Horas), Tássia Rangel Soares, fez um levantamento dos atendimentos médicos da referida casa de saúde, principalmente para observar os pacientes que deram entrada com sintomas respiratórios.

De acordo com o levantamento, entre 1 e 24 de maio, a unidade já realizou 1.486 atendimentos médicos, sendo 54% de pacientes com sintomas respiratórios.

Dia 7 maio, a UPA iniciou a realização do teste rápido para diagnóstico do Covid-19. Até o dia 24 de maio, foram testadas 341 pessoas, com 32% dos pacientes positivados para a doença.

Tássia atribui esse aumento à falta de consciência de grande parte das pessoas, que ainda não estão praticando o isolamento social de forma eficaz.

Leitos reduzidos e reforma da UPA

A coordenadora Tássia Rangel ainda frisou que a UPA está sendo reformada para ampliar a quantidade de leitos disponíveis, tendo em vista que os leitos atuais não estão dando mais vencimento à demanda de pacientes com suspeita do Covid-19.

*Obs:*

– Pacientes com suspeita do Covid-19, mas com sintomas leves devem procurar atendimento nas unidades de saúde que estão como referência para este tipo de demanda. São elas: Metódio Leitão (Monte Castelo), Domiciano Vieira (Maternidade), Horácio Nóbrega (São Sebastião), Solon Medeiros (Salgadinho).

– Pacientes com suspeita do Covid-19, e com sintomas moderados e graves, podem buscar atendimento na UPA.

Ouça Tássia:

Coordecom