TSE pública despacho e cita PSC e Marcondes Gadelha para responder ação sobre infidelidade



O Diário da Justiça Eletrônico do TSE publicou na edição desta quarta-feira (25) o despacho do Ministro Felix Fischer sobre a ação do suplente Bonifácio Rocha de Medeiros contra o deputado federal Marcondes Gadelha por infidelidade partidária.

No despacho, o ministro manda citar os requeridos, Marcondes Gadelha e o PSC (Partido da Social Democracia Cristã) para apresentar resposta em um prazo de cinco dias contados a partir da data da publicação.

O suplente Bonifácio Rocha ingressou com uma ação no TSE para reivindicar o mandato dos deputados federais Marcondes Gadelha e Manoel Júnior (PMDB) baseado na lei de infidelidade partidária. A ação que contesta o mandato de Marcondes Gadelha está sob a relatoria do Ministro Felix Fischer, já a ação de perda de cargo eletivo contra o deputado Manoel Júnior está sob os cuidados do Ministro Marcelo Ribeiro

Marcondes Gadelha se desfiliou do PSB e se filiou ao PSC paraibano. Assim como Manoel Júnior, Marcondes Gadelha tomou como justificativa para a desfiliação a perseguição dentro do partido.

Ao aderir a nova sigla, o deputado Marcondes Gadelha também foi conduzido para ficar a frente da presidência do partido na Paraíba.

Veja o despacho abaixo:

Despacho em 19/11/2009 – PET Nº 3027 MINISTRO FELIX FISCHER

Vistos etc.,

Citem-se os Requeridos para apresentarem resposta no prazo de cinco dias, atentando-se para o parágrafo único do art. 4º da Resolução-TSE nº 22.610/2007.

P. I.

Brasília, 19 de novembro de 2009.

MINISTRO FELIX FISCHER Relator

 ""

Márcia Dias

PB Agora