TSE já tem data para julgamento dos embargos de Cássio



Tudo que os cassistas não queriam vai ocorrer: o presidente do TSE, Carlos Ayres já oficializou a reabertura dos trabalhos para as 9 horas do dia 2 de fevereiro, quando serão retomadas as sessões do TSE. E, como prioridade o julgamento dos embargos contra a cassação do governador da Paraíba, Cássio Cunha Lima.


Há um movimento forte entre os ministros para o processo de Cássio Cunha Lima ser resolvido com a maior celeridade possível para evitar o desgaste da instituição cuja imagem ficou bastante abalada pelo pedido de vista do ministro Arnaldo Versiani.


O pedido de vista do ministro mineiro provocou um grave desentendimento entre ele e os colegas Joaquim Barbosa e Eros Grau, que, em protesto, chegaram a se retirar da sessão.


Com o governo do Estado paralisado tanto administrativamente como politicamente, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ministro Carlos Ayres Brito, oficializou o retorno das sessões forenses para o dia 02 de fevereiro, uma segunda a partir das 09 h.


Com o fim das férias no TSE, o ministro Versiani deverá apresentar seu voto do seu pedido de vista e logo em seguida o caso entra em plenário para a apresentação dos votos restantes. Vale ressaltar que o governador já obteve dois votos no julgamento dos embargos pelo seu afastamento, o do relator Eros Grau e do ministro Joaquim Barbosa.


Fonte: Agência Paraíba