TSE indefere registro de vereador eleito no município de Paulista



O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deu provimento a recurso do Ministério Público Eleitoral indeferindo o registro da candidatura a vereador de Francisco de Assis Pereira da Silva (Amaral), que obteve a terceira maior votação no município de Paulista, localizado na microregião de Sousa/PB, nas eleições de 5 de outubro.

De acordo com o processo, o vereador Amaral teve as contas relativas ao exercício de 2005, quando exercia a presidência da Câmara Municipal de Paulista, rejeitadas pelo Tribunal de Contas pelas seguintes irregularidades: não recolhimento e não retenção das contribuições previdenciárias dentro do prazo legal e déficit na execução orçamentária no valor de R$ 6.8882.99.

Amaral disputou a reeleição de vereador pela coligação PTB/DEM/PPS, obtendo 580 votos. O primeiro suplente da coligação é o candidato Doca Félix, que poderá assumir o mandato de vereador a partir de 1° de janeiro de 2009.


Lana Caprina