Politica

TSE estuda fechar clubes de tiro e proibir camisa da Seleção Brasileira por mesários no dia da eleição

ÓTICAS GUIMARÃES

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Alexandre de Moraes, e a comissão de transparência eleitoral tiveram uma reunião nesta última segunda-feira (26). Entre os assuntos debatidos relacionados ao pleito eleitoral deste domingo (2), os principais foram o fechamento de clubes de tiro na data em questão e a proibição do uso da camisa amarela da Seleção Brasileira pelos mesários.

Apesar de nenhuma confirmação, as sugestões da reunião serão analisadas pelo presidente nos próximos dias. Para o colegiado, a camisa de futebol do Brasil se tornou um símbolo para os eleitores do presidente e candidato à reeleição, Jair Bolsonaro (PL), e poderia gerar confusões. E como os mesários não podem utilizar nenhum acessório ou vestimenta que remata a algum candidato, a camisa da Seleção Brasileira pode ser proibida.

Enquanto isso, o fechamento de clubes de tiro é para impedir a circulação de armas de fogo durante os dias próximos às eleições. Caso a decisão seja acatada, os estandes serão fechados dois dias antes ou depois de domingo.

Fonte: MaisPB com Metrópoles


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo