Esportes

Treze paga parte dos salários atrasados e fala em reforços

ÓTICAS GUIMARÃES

Ainda sem conhecer o gostinho da vitória na Série D do Brasileiro, o Treze tenta contornar a crise financeira que atingiu o clube desde a disputa do Estadual.

Nesta terça-feira, o diretor executivo do Galo, Fernando Gaúcho, afirmou que precisou reduzir a folha salarial, para conseguir dar uma melhor atenção e cuidado para os demais atletas, principalmente com o pagamento de salários.

“Traçamos uma reformulação no elenco. Infelizmente, no primeiro semestre, as coisas não aconteceram da forma esperada. Então foi necessária essa reformulação curta e focada nesses meses de competição. Cheguei no clube há mais ou menos vinte dias e percebi que precisava realmente fazer uma uma mudança, principalmente na questão administrativa”, disse.

“O Treze é um clube gigante, tem uma camisa muito forte, uma torcida apaixonada. E nós temos que resgatar essa credibilidade do clube. Infelizmente existem algumas pendências que atrapalham um pouco esse processo, até contratação de alguns atletas em função dessa credibilidade “, enfatizou Fernando Gaúcho.

Com relação ao pagamento de parte dos salários, o dirigente alviunegro disse que um pagamento foi realizado na última sexta-feira para atletas que chegaram, e para os que estavam com mais de dois meses de salários atrasados.

De acordo o planejamento e a reformulaçãon o clube, a diretoria deverá apresentar pelo menos dois ou três novos nomes para compor o meio campo e o ataque, para corrigir ausências pontuais.


Paraibaonline


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo