Três municípios da região de Patos tem mais eleitores que habitantes



Alguns municípios que integram a 28ª e 65ª zonas eleitorais sediadas em Patos, terminaram o prazo do cadastramento eleitoral com mais eleitores do que habitantes.

Segundo levantamento do Patosonline.com confrontando os números oficiais do Tribunal Superior Eleitoral-TSE e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística-IBGE, os municípios de Santa Terezinha, Quixaba e Passagem, registram mais eleitores do que habitantes, o que aponta para um forte indicativo de transferências irregulares no período oficial do cadastro, podendo boa parte desse quantitativo ser atribuído a cidade de Patos.

Em Santa Terezinha, o eleitorado chegou a 5.259 votantes, contra 4.753 habitantes, o que representa um eleitorado de 506 cadastrados superior a população ou 10,64%.

Em passagem, o cadastramento terminou com 2.529 votantes para uma população de 2.419 pessoas, o que representa 110 eleitores a mais que a população ou 4,57%. Os dois municípios integram a 65ª zona.

O outro município com mais eleitores que habitantes é Quixaba, que tem 2.096 eleitores e 1.956 habitantes. São 140 eleitores 0u 7,15% a mais que o numero de habitantes de quixaba, ou 7,15%. Quixaba pertence a 28ª Zona Eleitoral.

Por outro lado, Patos terminou o cadastramento com 64.155 eleitores, contra 107.605 habitantes, o que significa dizer que apenas 59,61% da sua população tem domicílio eleitoral no município.

A última revisão eleitoral realizada nos municípios da região de Patos aconteceu para o pleito de 1996, quando vários eleitores cadastrados irregularmente nos municípios pertencentes a 28ª e a 65ª zonas tiveram que realizar novo cadastramento para corrigir esse tipo de irregularidade.

A legislação eleitoral aponta como aceitável quando o número de votantes de cada município corresponde até a 80% do seu contingente populacional. O cadastramento para o pleito de outubro foi fechado no dia 6 de maio.

Por Genival Junior – Patosonline.com




Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal Patosonline.com não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.