TRE adia para a próxima quinta-feira a AIJE contra a reeleição do governador paraibano Ricardo Coutinho



O Tribunal Regional Eleitoral, (TRE) adiou para a próxima quinta-feira  (26) a Ação de Investigação Eleitoral (AIJE) contra a reeleição do governador paraibano Ricardo Coutinho . O adiamento foi por motivo de saúde do advogado Marcelo Weich.

A ação foi ingressada pela coligação ‘A Vontade do povo’, encabeçada pelo PSDB, partido do senador Cássio Cunha Lima (PSDB).Na AIJE, a coligação acusa o atual governo de fazer supostas isenções de receitas e tributos de forma irregular a fim de obter vantagens políticas.

Segundo o advogado de acusação, Antônio Dias Júnior, a esperança é que o juiz avalie que a distribuição de benefícios em ano eleitoral é susceptível a cassação.

Ele informou ainda que a AIJE acusa o governador de ter beneficiado mais de 200 mil  pessoas com isenções e isso repercutiu no pleito eleitoral.

 

Porém, advogado de defesa, Fábio Brito, revelou que a defesa da vice-governadora, Lígia Feliciano, que tem à frente, Marcelo Weick, pediu adiamento da sessão para a próxima quinta-feira (26).

O advogado afirmou ainda que a defesa está  tranquila em relação ao julgamento da AIJE e acredita que nenhuma ação administrativa foi realizada de forma irregular e que o TRE vai considerar as acusações improcedentes.

 

Fonte/Paraiba.com.br