Traficante internacional é preso em Natal



A Polícia Federal no Rio Grande do Norte realizou mais um flagrante de tráfico internacional de drogas no Aeroporto Augusto Severo, em Parnamirim, região metropolitana de Natal.  Por volta das 15h deste domingo (18), foi preso quando tentava embarcar para Madri, via Lisboa, um garçom de nacionalidade espanhola, 51 anos, residente em Valencia, que levava camuflado no forro e nas laterais de uma mala, cerca de 5,86 kg de cocaína pura.

O fato aconteceu no momento em que os Agentes da Delegacia de Imigração (DELEMIG), procediam a fiscalização de rotina junto aos passageiros que se destinavam a Europa quando através do raio X observaram algo estranho na bagagem do garçom. Embora o acusado não aparentasse nervosismo, os policiais após rápida entrevista solicitaram que ele abrisse a mala e assim que isso foi feito sentiram de imediato um forte cheiro de cola. Ao ser rasgado o forro e as laterais da bagagem ali estavam escondidos quatro pacotes plásticos cheios de cocaína envoltos em fita adesiva e impregnados externamente por cola de sapateiro e pó de café, provavelmente visando dificultar a fiscalização caso a revista fosse feita por cães farejadores.

"pf04"

De imediato o estrangeiro recebeu voz de prisão e foi levado para a Superintendência da PF, no bairro de Lagoa Nova, onde foi autuado e permanece custodiado à disposição da Justiça.

Durante o seu interrogatório o garçom foi bastante evasivo e apresentou em sua defesa uma história pouco convincente ao declarar que na Espanha foi contactado por um “desconhecido” para viajar até São Paulo, onde teria a missão de receber uma mala para ser conduzida até Madri, porém “não sabia o que levaria de volta ao seu país e nem quanto iria ganhar por esse transporte”, mas mesmo assim aceitou a proposta porque passava por dificuldades financeiras em razão de estar desempregado.

"pf17"

O espanhol foi enquadrado na Lei No. 11.343/06, e caso venha a ser condenado poderá pegar até 15 anos de reclusão.

Somente em 2009, a PF já prendeu em flagrante no Aeroporto Augusto Severo, 17 pessoas acusadas de tráfico de drogas. Desse total, 15 eram estrangeiros e 2, brasileiros.

Fonte: Asscom/PF

 

 

Postado por Chagas Silva