Sem categoria

TCE confirma que não afirmou que Prefeitura de Patos não poderia pagar acordo diário com a empresa de limpeza pública Conserve

Em entrevista à imprensa de Patos o secretário de finanças da Prefeitura Municipal, Arnon Medeiros, afirmou que a gestão deixou de pagar um acordo diário feito com a empresa, no valor de R$ 25.000,00 (vinte e cinco mil), porque o TCE – Tribunal de Conta dos Estado determinou. Isso porque seria irregular pagar por serviço adiantado.

Na tarde desta segunda-feira, 14 de outubro, o representante da Conserve, Herbert Gomes, entrou em contato com a Redação do Paotosnline.com, para informar que a Prefeitura está equivocada com tal justificativa.

Herbert Gomes, afirmou que conversou com o fiscal do TCE, Rômulo, que afirmou que houve o mal-entendido por parte da equipe financeira da prefeitura. “O que não pode ser pago é um valor diário futuro, porém o débito atrasado, pode ser pago sem problema”, disse o membro do TCE.

Resumindo, segundo Herbert, a justificativa da prefeitura que seria uma determinação do TCE para não ser pago o valor diário, não se sustenta, pois foi negada pelo próprio órgão fiscalizador de contas.     

Patosonline.com

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
close