Superintendente diz que homens presos em Patos não são policiais



O superintendente da Polícia Civil em Patos, Marcos Vasconcelos, disse em entrevista à imprensa de Patos, nesta sexta-feira (23/01), que os dois homens presos na tarde de ontem, não são policiais civis, e sim agentes funcionais, nomeados pelo governador do estado.

 

Segundo Vasconcelos, os dois homens que tiveram os nomes divulgados pela Polícia Militar como sendo, Judivan e Aldan, trabalham na sede da Polícia Civil em Patos, apenas na parte burocrática, e não agem como policiais. Ele disse que por esse fato, e por terem sido presos portando armas, devem responder por porte ilegal de arma de fogo.

 

A prisão se deu em cumprimento ao mandado expedido pelo Juiz de Direito, Dr. José Márcio Rocha Galdino, da Comarca de São Bento-PB.

 

No momento da prisão, foi apreendido com os acusados, armas e munições ilegais.

 

Após as prisões, os acusados e os objetos apreendidos foram conduzidos á Superintendência de Policia Civil, na cidade de Patos – PB, para as providências a cerca dos materiais apreendidos, e em seguida recambiados para a cidade de São Bento-PB.

 

Redação do Patosonline.com