Superintendente da CGU na Paraíba confirma lista com 30 mil nomes que receberam auxílio emergencial de forma irregular. Ouça;



O superintendente da Controladoria Geral da União da Paraíba, Severino Queiroz, confirmou nesta quarta-feira ao jornalista Misael Nóbrega, da Rádio Espinharas 97,9 FM, o envio para a Polícia Federal-PF e para o Ministério Público Federal-MPF, da lista de pessoas que receberam indevidamente o auxílio emergencial no estado da Paraíba.

Ele confirmou que a lista contém nomes de cerca de 30 mil paraibanos que não tem direito a receber o benefício por possuírem alto poder aquisitivo, totalizando um prejuízo de aproximadamente R$ 30 milhões de reais aos cofres públicos.

Ainda de acordo com o representante da CGU, quem não devolver o benefício recebido indevidamente poderá ser processado por falsidade ideológica, com pena prevista de 1 a 5 anos de reclusão, além de multa.

O superintendente acrescentou também que os servidores públicos que receberam indevidamente o benefício, serão notificados pelos órgãos responsáveis pelo vínculo de trabalho, e deverão gerar a guia de recolhimento no endereço eletrônico devolucaoauxilioemergencial.cidadania.gov.br, e efetuar o pagamento dos valores na rede bancária. Ouça;

Severino Queiroz

Por Genival Junior – Patosonline.com

Áudio de Misael Nóbrega




Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal Patosonline.com não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.