SUL-AMERICANA: Algoz do Corinthians supera Colón e dilúvio para se sagrar campeão

O Independiente del Valle conquistou o seu primeiro título internacional



Em um jogo que ficou paralisado por 30 minutos por causa da forte chuva que atingiu Assunção e deixou o gramado do Estádio Nueva Olla sem condições para a prática do futebol, o Independiente del Valle, do Equador, venceu o Colón, da Argentina, por 3 a 1, neste sábado, no Paraguai, e conquistou o título da Copa Sul-Americana.

Algoz do Corinthians nas semifinais da competição, o time equatoriano faturou o seu primeiro troféu internacional e, de quebra, assegurou uma vaga na fase de grupos da Copa Libertadores de 2020.

Já o clube argentino, que também entrou em campo para obter o feito mais relevante de sua história, fracassou após ter desbancado o favoritismo do Atlético-MG no outro mata-mata que valeu vaga na decisão.

MARCA IMPORTANTE
Surpreendente vice-campeão da Libertadores em 2016, quando foi superado pelo colombiano Atlético Nacional na final, o Del Valle se tornou o segundo clube do Equador a conquistar a Sul-Americana, depois de a LDU ter ficado com a taça em 2009, então levando a melhor sobre o Fluminense na luta pelo título.

O Colón, por sua vez, não conseguiu fazer valer a tradição da Argentina, país com mais títulos na história deste torneio, com oito taças – San Lorenzo, em 2002, Boca Juniors (2004 e 2005), Arsenal de Sarandi (2007), Independiente (2010 e 2017), Lanús (2013) e River Plate (2014) foram campeões pelo país.


Por Agência Futebol Interior

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com