Subcomandante da ROTAM de João Pessoa fala sobre curso ministrado em Patos. Ouça



Será realizada às 10h deste sábado, 04, a solenidade de encerramento do curso da ROTAM, EOTAM (Estágio de Operações Táticas com apoio de motocicletas). O evento acontecerá na Rua José Gomes Alves, lateral do Hotel JK, em Patos.

Na oportunidade, os policiais do 3° BPM de Patos e dos batalhões de Catolé do Rocha e Itaporanga vão apresentar manobras de pilotagem de alto risco e demonstração com as técnicas de abordagem da doutrina ROTAM.

O Comandante do 3° BPM, Tenente Coronel Cunha Rolim, destacou que de uns tempos para cá, tanto correspondentes bancários quanto agências dos Correios, e crimes de pistolagem utilizam a motocicleta como veículo, devido sua facilidade de fluir no trânsito.

“Então, a Polícia Militar realiza um trabalho dinâmico e procura acompanhar as ocorrências e se adequar a elas para produzir um serviço melhor na sociedade para combater o crime em pé de igualdade”, afirmou.

O estado dispõe de motocicletas possantes XRE 300 e Lander 250 que se deslocam em área de asfalto e terrenos ruins.
O curso EOTAM vem capacitar os policiais para aumentar a quantidade do efetivo preparado para combater certos tipos de crime.

De acordo com o comandante, em Patos, a ROTAM trabalha com duas equipes de seis homens podendo aumentar, caso haja necessidade.

O treinamento teve início na última segunda-feira, 30, com rápida solenidade na Câmara de Vereadores, sendo ministrado pelo Capitão Luiz Antônio Almeida Rosas, da ROTAM de João Pessoa.

Já o subcomandante da ROTAM de João Pessoa, Tenente Belmiro, afirmou que o Estágio de Operações Táticas com apoio de motocicletas é composto de disciplinas desde pilotagem básica à pilotagem de alto risco, bem como, a doutrina de abordagem e habilidades de escolta.

Ele afirmou que estas manobras irão ajudar ainda mais no policiamento no sertão, tendo em vista que a escolta conta não somente com escolta de comboio, mas também de valores e autoridades.

Ouça a entrevista com o tenente Belmiro, concedida a equipe de reportagem da Rádio Espinharas FM. 

Texto – Acilene Candeia

Áudio – Marcelino Neto – Rádio Espinharas

Foto – 3º BPM