Locais

STTRANS realiza audiência pública para discutir prevenção e redução de acidentes de trânsito

ÓTICAS GUIMARÃES

A Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos de Patos – STTRANS realizou, na noite desta segunda-feira, dia 16 de dezembro, a audiência Pública denominada “O ano termina, mas a vida continua”, com o tema “Política de redução de acidentes de trânsito”. Essa é a segunda edição da campanha que luta pela prevenção e redução de acidentes de trânsito.

O evento ocorreu no auditório da Secretaria de Educação do município e teve como protagonistas, além da STTRANS, o SAMU, 4ª Cptran, Corpo de Bombeiros, Detran, Polícia Rodoviária Federal, Procon, Complexo Hospitalar Regional Dep Janduhy Carneiro, Hospital Infantil Noaldo Leite, Polícia Militar e Associação dos Motociclistas de Patos.

O agente de trânsito, Antônio Coelho, que é coordenador do Núcleo de Educação para o trânsito, fez uma explanação sobre a redução dos acidentes desde a implantação da campanha. Ele garantiu que houve uma redução de 20% nos primeiros seis meses desse ano, se comparado ao mesmo período do ano passado, bem como foi registrada a redução de pessoas penalizadas no trânsito.

“Essa campanha de fim de ano integrada com outros órgãos de trânsito, segurança e saúde pública foi iniciada em 2018 com slogan ‘O ano termina, mas a vida continua’. Naquele ano, lembro que surgiu a cobrança de um dos cidadãos presentes sobre a questão das carroças (de tração animal) e, tanto que um ano se passou e as carroças começaram a ser regulamentadas. Quero dizer com isso que essa Audiência Pública não é em vão”, analisou.

Na oportunidade, o Patrulheiro da PRF, Hiroi, apresentou a Operação RodoVida integrada que visa que as forças federais, estaduais e municipais atuem conjuntamente a fim de tentar evitar acidentes de trânsito. Segundo ele, a PRF trabalha com fiscalização, mas também com a parte preventiva na tentativa de conscientizar as pessoas de que todas têm responsabilidade no trânsito e que a diminuição de acidentes e o respeito à vida é uma responsabilidade de todos.

“É muito bom a gente fazer parte dessa ação, que é uma ação integrada onde a gente ver toda a sociedade, os órgãos se interessando pelo tema para que agente consiga alcançar o grande objetivo que é reduzir acidentes e respeitar sempre a vida”, disse Hiroi.

O patrulheiro ainda apontou o sucesso da campanha, tendo em vista a redução dos acidentes de trânsito e do número de mortes.

Arateuza Delfino é gerente assistencial do Complexo Hospitalar Regional Dep Janduhy Carneiro. Ela informou que nos municípios em que a unidade hospitalar é referência, os números de acidentes de trânsito aumentaram em 6%, quando comparado ao ano de 2018. Outra informação repassada pela profissional foi de que o CHRDJC, nesse ano de 2019, atendeu mais de três mil pessoas envolvidas em acidentes com motocicletas.

“Dentre o perfil que nós atendemos esse é o número disparado que está acima da média dos demais acidentes de trânsito com outros tipos de veículos”, alertou.

A gerente assistencial também destacou que durante os finais de semana, de sexta a domingo, o pico de acidentes de trânsito dobra se comparados aos ocorridos durante a semana. Os acidentes resultam em internações, procedimentos cirúrgicos de alta complexidade, demora do acidente no serviço hospitalar.

Dando continuidade à programação a campanha, foi lançado, na manhã desta terça-feira, dia 17, o folder “Acidente de Trânsito Pode Ser Evitado”, na praça Getúlio Vargas .
Segue programação:

DIA 18 – Panfletagem da campanha (7h30).
DIA 19 – PIT-STOP “Motociclista Consciente”.
DIA 20 – PIT-STOP “Motociclista Consciente”.
DIA 21 – Caravana nos bares (20h).
DIA 23 – Encerramento da campanha com caminhada – Concentração as 7h – PRAÇA EDVALDO MOTTA
Apresentação das equipes de socorro – Praça Getúlio Vargas.

Coordecom

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios