Locais

Sindicato dos Bancários de Patos e outras entidades realizam Ato Público contra demissões após licença maternidade no Bradesco e no Itaú. Ouça

ÓTICAS GUIMARÃES

O Sindicato dos Bancários de Patos e Região realizou nesta segunda-feira (23), um ato público no Centro da cidade de Patos-PB, para demonstrar repúdio às demissões sem justa causa de duas bancárias das instituições financeiras Itáu e Bradesco.

O vice-presidente do referido Sindicato, Cleodon Bezerra, informou que as duas mulheres foram perseguidas após o fim do período da licença maternidade, e logo em seguida foram demitidas sem justa causa.

“A gente buscou junto às instituições financeiras verificar essa situação, e tentar resolver amigavelmente, sem ter disputa e sem ter que lutar de forma sindical. No entanto, a resposta foi infrutífera e as agências bancárias apenas informaram que foi demissão sem justa causa”, contou Cleodon.

Cleodon também disse que a resposta dos Bancos soa como uma afronta à moralidade, ao direito de maternidade, além de uma afronta à mulher em si, porque faz com que outras mulheres possam ter receio de engravidar, como ressaltou o sindicalista.

E afirmou que o Sindicato dos Bancários vai coibir a situação, e que a entidade também está prestando auxílio jurídico às duas mulheres bancárias que foram demitidas sem justa causa.

O ato público ainda contou com apoio da sociedade civil, Instituto Olga Benário, OAB/Patos, e do vereador patoense José Gonçalves.

Ouça mais detalhes no áudio que segue abaixo.

Cleodon Bezerra – Áudio: Wânia Nóbrega/Rádio Espinharas FM

Matéria por Patosonline.com
Áudio do Departamento de Jornalismo da Rádio Espinharas


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo