• Dra Milena
Locais

Sindicalista Bosco Valadares diz que estão querendo prejudicar os ACSs e ACEs de Patos, e fala sobre reunião com o prefeito para tratar do assunto. OUÇA

ÓTICAS GUIMARÃES

O presidente do Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde e de Combate às Endemias, Bosco Valadares, afirmou em entrevista a Rádio Espinharas de Patos 97,9 FM, que os Agentes de Saúde e de Combate às Endemias de Patos e região estão sendo prejudicados devido a retirada do Projeto de Lei que regulamenta o novo piso das duas categorias, após apresentação de uma emenda por parte do vereador Zé Gonçalves (PT), que retornava os 40% do pagamento de insalubridade as duas categorias.

“A gente tem nada a ver com isso. Nem a emenda foi apresentada aos sindicatos e nem a retirada do projeto. Isso é uma questão política. A gente tá percebendo que querem prejudicar os Agentes Comunitários de Saúde e de Combate às Endemias, ficando mais um mês, sem as categorias receberem o que é para receber em seus vencimentos”, disse Bosco Valadares.

O sindicalista disse que pretende conversar com o prefeito Nabor Wanderley ainda nesta segunda-feira, 15, para tentar o envio do Projeto nesta terça-feira, 15, na Câmara Municipal de Patos, em regime de urgência-urgentíssima, para que os trabalhadores recebam os seus valores já no próximo pagamento.

Bosco complementou que o SINDACSE não aceita alteração ao acordo que havia sido feito no último encontro com o gestor municipal, e colocou que a emenda modifica tudo que tinha sido construído com diálogo entre as partes.

Bosco Valadares – Áudio: Rádio Espinharas FM

Por Genival Junior – Patosonline.com

Áudio/Rádio Espinharas (Higo de Figueiredo)


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo