Sindicalista afirma que SINFEMP vai mobilizar servidores contra a volta da jornada de 40 horas semanais. Ouça:



O vice-presidente do Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais de Patos e Região-SINFEMP, José Gonçalves, reagiu com irritação na manhã desta quarta-feira, na noite desta terça-feira, 17, no programa Polêmica da Rádio Espinharas 97,9 FM, quando o atual prefeito interino de Patos afirmou que pretende alterar a jornada de trabalho dos servidores públicos municipais para 40 horas semanais, a partir do mês de novembro.

Zé Gonçalves afirmou que a entidade irá defender de forma intransigente a manutenção da jornada de 30 horas, direito conquistado para os servidores da educação no ano de 2009 e ampliado para os demais servidores do município no ano de 2016.

“Nós não vamos aceitar a retirada de direitos conquistados com muita luta, diálogo, paralisações e com greves”, afirmou o sindicalista.

Ainda segundo Gonçalves, a mudança na jornada de trabalho representa uma forma de obrigar os servidores a reagirem a qualquer tentativa de reduzir os seus direitos.

“Quem estiver pensando que vai tirar um direito nosso sem reação estará muito enganado, pois o SINFEMP é uma entidade de luta com seus associados”, complementou o sindicalista.

Nos próximos dias, o SINFEMP pretende realizar uma reunião da Diretoria ampliada, com representantes das 70 categorias existentes no município, para definir os principais pontos a serem trabalhados. Ouça as palavras do sindicalista José Gonçalves:

Áudio de Zé Gonçalves

Patosonline.com