• Dra Milena
Gerais

Setembro Amarelo: Médico Dr. Alexandre Firmino orienta como as pessoas devem proceder diante de situações envolvendo o suicídio. Confira

ÓTICAS GUIMARÃES

O médico neurologista da cidade de Patos (PB), Dr. Alexandre Firmino, aproveita a campanha Setembro Amarelo para repassar orientações importantes sobre os casos de suicídio e como as pessoas devem proceder diante desses fatos.

O primeiro ponto ressaltado pelo médico é que, diante de um caso de suicídio, as pessoas precisam evitar de culpar a família, tendo em vista que esta já foi bastante punida com a perda do ente querido.

Ele explica que o ato do suicídio é multifatorial, e que nunca está relacionado a apenas uma causa. Portanto, as pessoas precisam entender que ninguém carrega culpa por isto.

Além disso, Dr. Alexandre alertou para as redes sociais. Ou seja, comentou que é necessário que o assunto seja publicado com muita responsabilidade e sem expor a vítima e seus familiares, evitando assim sensacionalismo em cima do caso. 

Também pede que as pessoas não divulguem o suicídio de forma romântica, deixando a ideia de que a pessoa passou dessa para melhor, ou que não aguentou essa vida. Essa abordagem pode causar o efeito contrário, que é estimular a auto violência, como diz Dr. Alexandre Firmino.

E por fim, ele afirma que toda e qualquer menção ao suicídio deve ser levado a sério, e que familiares e amigos fiquem atentos a qualquer sinal que possa sugerir isso, bem como tentem ajudar a pessoa.

Matéria por Patosonline.com
Com informações do próprio Dr. Alexandre Firmino


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo