Sessão é marcada por discursos de candidatos à presidência da Câmara



Os destaques da sessão de hoje, terça-feira, da Casa Juvenal Lúcio de Sousa, foram os discursos dos candidatos à presidência da Câmara, Ivanes Lacerda (PSDB) e Marcos Eduardo (PMDB), este tentando manter-se no cargo por mais dois anos. Desde de 2004 ele ocupa a presidência.

 

O médico vereador Ivanes foi duro em seu pronunciamento quando usou da Tribuna. Reclamou o comportamento do atual presidente, chamando de falta de transparência a administração Marcos Eduardo e citou a Lei de Responsabilidade Fiscal que não estaria sendo cumprida.

 

Enfatizou que caso seja eleito presidente do Legislativo, fornecerá todos os meses balancetes das receitas e despesas da Casa aos vereadores e sociedade. Comentou também que o veículo da Câmara, adquirido com recursos públicos, ficará à disposição de todos os serventuários da Casa e não apenas do presidente, no caso se eleito for.

""Conciliador


 

Na seqüência a oratória ficou por conta de Eduardo, que foi brando e conciliador nesse momento de campanha interna.

 

Disse que seus atos são julgados pelo TCE, que mantém postura correta à frente do Legislativo e falou diretamente a Ivanes que não quer briga com este, e sim seu apoio para que ele possa governar por mais dois anos e concluir aquele que chamou de grandioso projeto, que foi a construção da nova Câmara, sob sua presidência.

 

Marcos explicou que, caso permaneça no cargo de presidente, adotará as propostas que Ivanes apontou como importantes para manter ainda mais transparentes os atos da administração legislativa.

 

garimpandopalavras