Sequestro seguido de morte em Patos ainda é um mistério para polícia



Um crime bárbaro foi registrado nesta terça-feira, dia 22, por volta das 20:30 h. na BR 230, próximo a Energisa em Patos. O homicídio ainda é um quebra-cabeça que aos poucos está sendo montado para se chegar a uma linha de investigação que identifique os assassinos do estudante universitário Tiago Caetano, 23 anos.

O carro, Eco Sport – Placa NQB 9493 pertencente a vítima foi abandonado nas proximidades do Colégio CA-CCI, Bairro Jardim Califórnia em Patos.

De acordo com os primeiros levantamentos feitos pelos policiais, Tiago estava sendo sequestrado por homens que haviam roubado o seu carro e teriam amarrado ele dentro do veículo.

Na linha de raciocínio, Tiago pode ter conseguido se desvencilhar das amarras e entrado em luta corporal. Esse fato teria acontecido nas proximidades da Energisa na BR 230 em Patos quando a vítima pode ter sofrido os disparos de arma de fogo dentro do veículo.

"Thiago"Tiago Caetano estudava em Patos e residia em Imaculada. O jovem era filho de Ana Caetano que residia com o filho e Tarcísio da Nóbrega Vasconcelos (pai da vítima), conhecido como Tarícisio do Gás que reside e tem um depósito de butijão de gás no Conjunto Noé Trajano na cidade de Patos.

A família é do município de Imaculada – PB. A cidade está estarrecida com o acontecido. 

Um dos vigilantes da Energisa ouviu cerca de três disparos e pedidos de ajuda. Segundos depois, um veiculo de grande porte atropelava a vítima.

Tiago baleado e cambaleante na BR 230, ao pedir socorro teria sido atingido por um veículo de grande porte, possivelmente uma carreta. Com o impacto o estudante foi arremessado e teve o braço esquerdo decepado. Essa linha de raciocínio é confirmada pela frenagem localizada ao lado do corpo.

Os policiais militares encontraram marcas de sangue a cerca de 200 metros do corpo, local onde Tiago teria sofrido os disparos.

Os assassinos, que podem ser duas pessoas, abandonaram o carro"Tiago e evadiram-se com destino ignorado deixando no veículo vários objetos que podem ter sido usados no sequestro do estudante.

As marcas de sangue foram encontradas em alguns locais internos e externos do veiculo, bem como duas toucas ninja, capacetes usados por motociclistas e um celular que identificaram como sendo da vítima. O Tenente Wanderly, da ROTAM, de posse do celular começou a fazer os primeiros levantamentos sobre a vítima em contato com amigos e familiares.

O caso ainda é um mistério e várias peças ainda devem ser montadas para se chegar aos assassinos do jovem vítima de sequestro seguido de morte. Onde Tiago foi sequestrado? Os motivos do crime? Quem são os suspeitos? Esses serão os próximos passos nas investigações.

Através do telefone 197 podem ser dadas informações que ajudem na elucidação desse crime bárbaro.

 

Jozivan Antero – Patosonline.com

"Tiago

"Tiago

"Tiago

"Tiago