Semana da Pátria, em Patos, terá início no próximo dia 1° com hasteamento das bandeiras; desfile será remoto



Por conta da pandemia do novo coronavírus (COVID-19), a Semana da Pátria, em Patos, será realizada de forma imbólica e sem a realização do desfile cívico presencial para evitar aglomeração. No entanto, as comemorações em homenagem à pátria terão uma programação reduzida e no dia 07 de Setembro haverá um desfile remoto com edição de desfiles anteriores nas plataformas digitais da Prefeitura de Patos e Secretaria de Educação.
A Secretaria de Educação também decidiu que as aulas remotas que estão ocorrendo terão uma temática, durante a semana, voltada para a Independência do Brasil.
Sendo assim, a Secretaria de Educação do município realizou a programação da Semana da Pátria com abertura para o dia 1° de setembro, na Prefeitura, com hasteamento das bandeiras. A solenidade será encerrada no dia 07 de Setembro, dia da Independência do Brasil, na sede da Secretaria de Educação.
A Secretária de Educação, Adriana Carneiro, informou que as comemorações ocorrerão de forma simbólica.
“Enquanto educação, a gente não pode deixar de comemorar essa data tão importante para o país. Então, de forma simbólica nós vamos homenagear a nossa pátria convocando as autoridades competentes para o hasteamento das bandeiras durante a Semana da Pátria”, disse.
Programação:
Dia 1° de Setembro
Prefeitura de Patos
Presença da banda de música do 3° BPM
Hasteamento das bandeiras
Hora: 07h30

Dia 02- Câmara Municipal de Patos
Presença da Banda de Música do 3° BPM
Hasteamento das bandeiras
Hora: 07h30

Dia 03- Praça Edvaldo Motta
Hasteamento das bandeiras
Hora: 07h30

Dia 04 – Escolas Municipais e Creches
Hasteamento das bandeiras
Hora: 07h30
(não terá presença de alunos)

Dia 07 – Secretaria de Educação
Hasteamento das bandeiras
Hora: 07h30

Ouça:

Adriana Carneiro

Coordecom




Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal Patosonline.com não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.