• Dra Milena
Politica

Sem citar nomes, Jamerson Ferreira diz que alguns vereadores de Patos foram eleitos por meio de compra de votos. Vereador Décio Motos se ofende e responde ao colega. Ouça

ÓTICAS GUIMARÃES

Em clima quente na sessão desta terça-feira, dia 9, na Câmara Municipal de Patos, o vereador Jamerson Ferreira afirmou, sem citar nomes, que alguns de seus colegas foram eleitos por meio de compra de votos nas eleições de 2020.

O parlamentar disse na tribuna da casa, que muitos candidatos qualificados não alcançaram seus mandatos, devido a práticas políticas de alguns dos atuais vereadores, e acrescentou que a população é consciente de como os bastidores da política acontecem na reta final do processo eleitoral.

“Muito candidato bom, muitos vereadores bons, ficaram de fora. Muitos vereadores independentes que poderiam estar aqui fazendo um trabalho melhor do que muitos que estão aqui, ficaram de fora. Agora, que pena que eu não tenho prova para dizer os motivos pelos quais possam alguns estarem aqui. Não é porque é bom candidato, qualificado, que é vereador não, o povo sabe o que acontece na semana de campanha”, disse Jamerson Ferreira.

Jamerson Ferreira também criticou a posição dos vereadores da base política do prefeito Nabor Wanderley (Republicanos), pela falta de posição política diante das temáticas debatidas pelo poder legislativo, no exercício da atual legislatura, iniciada em janeiro de 2021.

Vereador Jamerson Ferreira – Áudio: Câmara Municipal, com edições de Antonio Silva/Rádio Espinharas FM

Sentindo-se ofendido com o pronunciamento, o vereador Décio Motos (Solidariedade) rebateu Jamerson afirmando que as acusações são infundadas, e argumentou que o parlamentar usou de hipocrisia em seu discurso, proferido no plenário Edvaldo Mota.

Vereador Décio Motos – Áudio: Câmara Municipal, com edições de Antonio Silva/Rádio Espinharas FM

Por Genival Junior – Patosonline.com

Áudios – Tribuna da Câmara Municipal, com edição de Antonio Silva/Rádio Espinharas


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo