Secretário Umberto Joubert admite que saúde municipal está funcionando minimamente e que os serviços precisam de pessoas para trabalhar. Ouça



O secretário municipal de Saúde de Patos, Umberto Joubert, falou recentemente a imprensa local e aproveitou o ensejo para usar da sinceridade e admitir que está enfrentando vários problemas devido à falta de servidores para trabalhar nos serviços essenciais da saúde, após as constantes exonerações ocorridas na atual gestão do prefeito interino Ivanes Lacerda.

Joubert foi enfático em afirmar que não tem condições de melhorar os serviços de saúde sem pessoas para trabalhar.

“Isso eu não estou dizendo só em termos do Frei Damião, mas no tocante aos CAPS, Atenção Básica, CER/CERPPOD, ou seja, tenho uma lista de mais de 150 pessoas que precisam ser contratadas na saúde de Patos, e para atender apenas a parte básica”, explicou o secretário.

Demonstrando bastante preocupação com a situação atual da saúde municipal, o secretário informou também que iria reunir-se com o prefeito Ivanes Lacerda e a gerência de Atenção Básica no final da tarde desta terça-feira (14), para apresentar a real necessidade de contratar novos servidores e tentar movimentar os serviços, que neste momento então sendo ofertados minimamente.

Ouça mais detalhes na entrevista que segue.

Matéria por Patosonline.com

Áudio Higo de Figueiredo (Rádio Espinharas)

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com