Secretário estadual de saúde diz que Governo do Estado da Paraíba não vai bancar as despesas da UPA de Patos. Ouça;



O secretário municipal de saúde Umberto Joubert, afirmou nesta segunda-feira, 25 de novembro, ao repórter Higo de Figueiredo, da Rádio Espinharas 105,1 FM, que o governo da Paraíba não irá assumir a gestão da Unidade Pronto Atendimento de Patos-UPA, Otávio Pires de Lacerda.

Umberto Joubert contou que o secretário de estado da saúde, Geraldo Medeiros, afirmou em contato com o prefeito interino de Patos Ivanes Lacerda, (MDB), que o estado não dispõe de condições financeiras para assumir a gestão da UPA, que atualmente custa quase R$ 800 mil reais para os cofres da Prefeitura de Patos.

O secretário relatou também que o município recebe do governo do estado, um repasse de apenas R$ 25 mil reais, e afirmou que o fechamento da UPA geraria um verdadeiro caos na saúde pública de Patos, uma vez que a unidade atende uma demanda de municípios da região.

O gestor afirmou que a atenção primária de saúde de Patos vem se tornando deficitária, uma vez que grande parte dos recursos destinados a saúde estão sendo utilizados com o custeio da UPA. Ouça as palavras do secretário municipal de saúde, Umberto Joubert;

Secretário de saúde Umberto Joubert. Áudio: Rádio Espinharas

Patosonline.com

Áudio – Higo de Figueiredo /Rádio Espinharas