Secretário estadual de Saúde desmente prefeito Ivanes e diz que estado não tem como custear a UPA de Patos. Ouça



O secretário estadual de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, falou recentemente à imprensa patoense para esclarecer que as UPAs dos municípios de Piancó e Pombal não pertencem ao estado. Tal afirmativa veio para contrariar alguns comentários do prefeito interino de Patos, Ivanes Lacerda.

Para explicar de forma detalhada, o secretário disse que o estado mantém o custeio de 32 hospitais e 4 UPAs (Santa Rita, Cajazeiras, Guarabira e Princesa Isabel).

Em relação à cidade de Patos, Medeiros disse que o sertão e alto sertão são atendidos pelo Hospital Regional de Patos, Hospital Infantil de Patos, Hospital do Bem e ainda pela Maternidade de Patos. Portanto, na sua análise, o foco do é manter essas 4 unidades funcionando bem.

“Em relação à UPA de Patos, o executor é o próprio município. Então, não há como o estado custear tal equipamento, já que tem 32 hospitais e 4 UPAs para cumprir. O estado não tem dotação orçamentária para isso. Então cabe ao município racionalizar custos e executar uma triagem mais rígida nos atendimentos realizados na UPA, uma vez que muitos desses atendimentos são de PSF”, comentou o secretário.

Ouça mais detalhes na entrevista que segue.

Matéria por Patosonline.com

Áudio – Misael Nóbrega – Jornal da Manhã (Rádio Espinharas)




Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal Patosonline.com não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.