Secretário de Saúde garante estoque de seringas para iniciar vacinação na PB



O secretário estadual de Saúde, Geraldo Medeiros, informou que a Paraíba já dispõe de estoque de seringas para o período de vacinação contra a Covid-19, previsto para o mês de fevereiro. O estado, dessa maneira, se soma a outros entes federativos que decidiram ir às compras para tentar garantir o produto.

“O estado dispõe de um estoque de seringas e também está para receber de fornecedores em processos de licitação já efetivada, prevendo a campanha de vacinação que deverá ocorrer a partir de fevereiro”, assegurou Medeiros.

A Paraíba está em negociação, autorizada pelo governador João Azevêdo (Cidadania), para adquirir as vacinas  CoronaVac, produzidas pelo Instituto Butantan, em São Paulo, enquanto o Ministério da Saúde ainda aguarda outros testes.

Esta semana, governadores de vários estados decidiram se antecipar ao Ministério da Saúde e adquirir seringas para as campanhas de vacinação. Pelo menos nove estados já abriram licitações próprias com essa finalidade. Juntos, eles pretendem encomendar 210 milhões de seringas. O ministério planeja comprar 370 milhões de unidades, mas ainda não publicou edital para realizar a licitação, segundo o Jornal Folha de São Paulo.

Por meio de nota, o Ministério da Saúde afirmou que a compra das seringas é de responsabilidade dos estados e que fará a aquisição em caráter excepcional. Além disso, informou que os estados poderão ser coparticipantes no seu edital, que promete publicar nos próximos dias.

MaisPB