Secretário de Saúde do Município de Patos diz que falta de repasses do Governo Federal provocou atraso em salários



Em participação no Programa Polêmica, na Rádio Espinharas FM, o secretário de Saúde do Município de Patos, Segundo Brito, falou na noite desta sexta-feira, dia 05, que o atraso no pagamento de parte dos servidores públicos da saúde está se dando diante da falta de repasse da contrapartida do Governo Federal ao Município.

Segundo Brito relatou que o Governo Federal, através do Ministério da Saúde, fazia o repasse até o dia 5 de cada mês, mas vem atrasando e isso dificulta o pagamento completo da folha dos servidores da saúde que depende da contrapartida para complementar os recursos. O secretário está aguardando que o repasse federal seja feito no início da semana, ou seja, segunda-feira, dia 08, para que todos recebam seus vencimentos.

Os servidores da atenção primária estão sem salários. Entre estes estão os Agentes Comunitários de Saúde, Agentes de Endemias e das Unidades Básicas de Saúde. Segundo Brito falou que o atraso está ocorrendo em nível nacional. “Estamos tentando pagar os servidores dentro do mês trabalhado e para isso os esforços vêm sendo feitos…fizemos contato com o Ministério de Saúde, mas foi dito que o atraso é normal…”, comentou Segundo.

O secretário foi perguntado também sobre a normalização do atendimento em algumas Unidades Básicas de Saúde que constantemente vêm sofrendo reclamação da comunidade. Uma das questões reclamadas é a ausência de profissionais da saúde, entre médicos, enfermeiros e técnicos. Segundo disse que algumas contratações foram resolvidas e as reformas estão sendo concluídas e em andamento em outras unidades. 


Jozivan Antero – Patosonline.com