Secretário de Saúde do Estado da Paraíba comunica fim de OS na Maternidade Dr. Peregrino Filho, em Patos



O secretário de Saúde do Estado da Paraíba, Dr. Geraldo Medeiros, enviou comunicado nesta terça-feira, dia 14, para relatar que a partir da próxima quinta-feira (14) a Maternidade Dr. Peregrino Filho, em Patos, não mais será administrada por Organização Social (OS).

“A Secretaria de Estado da Saúde informa que assume a gestão direta da Maternidade Peregrino Filho, situada no Município de Patos, a partir desta quinta-feira, d=16 de janeiro de 2020. Todos os trabalhadores que possuíam vínculo por meio de CLT receberão todos os seus direitos trabalhistas, logo após homologação da rescisão”, diz trecho do comunicado.

De acordo com Dr. Geraldo Medeiros, a Secretaria de Estado da Saúde vai dar início ao processo de assinatura de contratos temporários por excepcional interesse público, como foi acordado com o Ministério Público do Trabalho (MPT).

O Governo do Estado da Paraíba irá encaminhar à Assembleia Legislativa uma proposta de criação da Fundação PB Saúde, autarquia governamental que irá gerir as unidades hospitalares pelo estado.

Após os escândalos revelados pela Operação Calvário, que revelou um esquema poderoso de desvios de recursos da saúde através das Organizações Sociais, o Governo do Estado quer dar outro rumo na administração.


Jozivan Antero – Patosonline.com